Página 24 - Revista Hotelaria

Versão HTML básica

24
O turismo brasileiro se fortaleceu com a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. Saiba como
aproveitar esse bom momento e se preparar para as Olimpíadas
Como se planejar para as Olimpíadas
mesmo não estando no Rio.
É fato: os grandes eventos
esportivos - como foi a Copa e como serão
as Olimpíadas de 2016 - potencializam ainda
mais a força econômica do turismo no Brasil.
Duvida? Veja alguns números que
compravam isso:
*
A expectativa do Ministério do
Turismo era que o Brasil recebesse 600
mil turistas estrangeiros durante a Copa do
Mundo FIFA Brasil 2014™. Esse número
foi superado em quase 50% - mais de um
milhão de turistas de 202 países estiveram
aqui durante o evento.
*
Além disso, três milhões de turistas
nacionais circularam pelo País.
*
Segundo estudo realizado pelo
FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do
Brasil), a taxa de ocupação dos hotéis das
12 cidades-sede da Copa do Mundo ficou em
77%. Em dez capitais, o índice foi superior a
82%, sendo que o Rio de Janeiro e Recife
lideram o ranking com 92%, seguidos por
Cuiabá (90%), Belo Horizonte e Natal, ambas
com 85%.
*
Gastos de turistas estrangeiros no
Brasil cresceram 76% em junho, mês em
que a Copa teve início - US$ 797 milhões
(aproximadamente R$ 1,8 bilhão).
*
95% dos turistas estrangeiros
disseram pretender voltar ao Brasil em breve.
A hospitalidade e a gastronomia foram os
itens melhor avaliados - com 98% e 93% de
aprovação.
Todos esse dados e informações
mostram que o Brasil está preparado para
eventos desse porte e que a economia e
o turismo têm muito a ganhar com a alta
movimentação gerada por eles.
Além disso, com o sucesso do
Mundial de Futebol, o Brasil se fortalece como
destino turístico - o que vai incentivar ainda
Talvez você ache que, só por não estar no Rio de Janeiro (RJ), onde os jogos
acontecerão, não vai precisar se preocupar. Nada disso!
Um estudo do Ministério do Turismo apontou que a Copa do Mundo beneficiou
mais que as 12 cidades-sede. Os turistas estrangeiros, que permaneceram em
média 13 dias no País, estiveram em 378 municípios brasileiros, incluindo as
cidades-sede.
Então, mãos à obra!
Confira sete dicas para fazer com que seu hotel, mesmo não estando no Rio de
Janeiro (RJ), consiga aproveitar o alto movimento de turistas que virão para as
Olimpíadas de 2016:
1. Estadia longa
O Brasil é um País distante da maioria dos outros continentes, isso pode ser um
empecilho para que estrangeiros venham, porém, os que vierem, provavelmente
passarão mais tempo para aproveitar bem a viagem. Isso significa que eles podem
visitar outras cidades além do Rio de Janeiro. Para garantir que sua cidade esteja
nos planos do turista, prepare pacotes especiais para os turistas estrangeiros que
se hospedarem no seu estabelecimento nessa época.
Mas não pense apenas em desconto!
Que tal, por exemplo, adicionar refeições bem brasileiras (e locais) por um
preço especial? (Veja que não falamos
em baixar o valor do almoço, e sim em
incluí-lo na tarifa da diária, por um preço
reduzido)
Ou, então, fechar parcerias comempresas
de turismo da região e oferecer a inclusão
de pacotes na tarifa da diária? Bom para
todo mundo.
Abra a cabeça, troque ideias com seus
colaboradores, com empresas que podem
mais a vinda de visitantes no próximo grande evento esportivo - as Olimpíadas de
2016, no Rio de Janeiro.