Página 38 - Revista Hotelaria

Versão HTML básica

38
Acesse:
www.gazinatacado.com.br
ou ligue
0800 703 1616
Basta o verão chegar para a taxa de ocupação dos estabelecimentos de hotelaria no Brasil irem às
alturas. No Carnaval, a mesma coisa. Nos feriados prolongados também. Mas existem épocas do ano em
que o marasmo predomina, irrita e preocupa.
Éo que a chamada sazonalidade, algo completamente normal e que precisa ser levada emconsideração
no seu planejamento estratégico anual para garantir que uma característica de mercado não prejudique os
resultados da sua empresa.
Pensando em ajudá-lo a conseguir passar pelos períodos de baixa na taxa de ocupação com tranquilidade,
reunimos nesta reportagem oito dicas que farão da sazonalidade nada mais do que uma curva normal no
caminho.
1 - Entenda como funciona o seu ciclo
Como dissemos anteriormente, a sazonalidade é um fenômeno normal em qualquer segmento. Cabe
a você entender como funcionam os ciclos de alta e de baixa do seu estabelecimento e levar isso em
consideração na hora de fazer o planejamento.
Por exemplo, se você sabe que nas férias de julho sua cidade não costuma ser procurada por turistas
e que, por conta disso, sua taxa de ocupação neste período costuma ser baixa, quando essa época do ano
chegar você já deve saber o que fazer para não ter prejuízo financeiro. Essa, aliás, é a segunda dica.
2) Planeje-se!
O fim do ano vem aí. Ou seja, está chegando a hora de você começar a planejar como será o 2015
do seu estabelecimento. E nessa hora você precisa considerar as altas e baixas do seu ciclo de taxa de
ocupação para poder definir estratégias que garantirão sua tranquilidade mesmo nos períodos em que há
poucos hóspedes por aí.
Entenda que os segredos para o sucesso em tempos de baixa é dividir suas atenções a três pilares:
-
Planejamento
-
Estratégia
-
Criatividade
3) Estratégia
Não, apostar nos descontos não é a melhor forma de lidar com a baixa taxa de ocupação do. Existem
estratégias mais interessantes para conseguir melhorar os resultados em “tempos de crise”. Por exemplo:
no dia do aniversário do cliente, ele reserva uma diária e ganha um vinho - e não outra diária! Isso é muito
melhor para a sua lucratividade e também chama a atenção do cliente.
Essa também é uma boa estratégia para datas comemorativas que não costumam ser movimentadas
em seu hotel/pousada. Assim: quer trazer casais para o seu estabelecimento no Dia dos Namorados?
Ofereça um jantar com vinho e decoração romântica. Além de trazer o cliente em uma época “ruim”, você
ainda consegue aumentar sua lucratividade, já que ganha a chance de cobrar um pouco a mais pelo valor