Página 42 - Revista - S

Versão HTML básica

E se o Dia das Mães contribuir para você
vender mais nos meses seguintes?
Criar estratégias para explorar datas comemorativas em conjunto é uma ótima
maneira de impulsionar vendas nos períodos de baixa. Entenda como tornar isso
possível na sua loja e coloque as ideias em prática já no próximo grande evento
do calendário
Você já deve ter ouvido muita gente falar que
2015 será um ano difícil. É possível, também, que es-
teja vendo isso acontecer em seu negócio. No entan-
to, não é hora de se desesperar. Se tem menos peixes
no rio, o que você precisa fazer é pescar melhor.
O mais importante nesses momentos
conturbados é cuidar bem do planejamento e
desenvolver a equipe de vendas. Afinal, nos tempos
difíceis os mais bem preparados se destacam.
“Algumas lojas cuidam da decoração do
ambiente, mas esquecem que precisam treinar a
equipe que estará lá na hora do show”, analisa Claudio
Diogo, especialista em vendas e consumo e diretor da
consultoria Tekoare.
O treinamento ideal, na visão do consultor, é
aquele que capacita o vendedor tecnicamente, mas
também utiliza histórias típicas do período para motivar
e engajar a equipe.
César Frazão, palestrante e instrutor de vendas,
especializado em técnicas de vendas e motivação,
concorda com Claudio, e acrescenta: “a falta de
treinamento se reflete diretamente na falta demotivação
dos vendedores, o que faz com que o atendimento aos
clientes seja péssimo e, consequentemente, o resultado
em vendas não seja o esperado”.
“Planejamento com antecedência e equipe preparada
nunca são demais, principalmente em momentos de
crise. E, lembre-se: ao calcular a nova meta, crie sempre
uma meta que no mínimo o coloque acima da inflação”,
recomenda Fred Rocha, especialista em varejo.
Planeje-se para vender o ano todo
Ocasiões como o Dia das Mães, que contribuem para aumentar o fluxo da
loja, são excelentes oportunidades para fidelizar clientes e impulsionar as vendas nos
meses seguintes.
O especialista em vendas e consumo Claudio Diogo, afirma que o calendário
gregoriano, que diz que o ano tem 365 dias divididos em 12 meses, precisa ser A
Festa
Junina vem aí e você pode aproveitá-la para vender mais. Porém, para isso, precisa
conhecer alguns erros que podem prejudicar seu desempenho nesse período. E,
claro, precisa saber como evitá-los. É isso que revelamos nesta reportagem
Da Redação Revista Gazin Atacado
Os meses de junho e julho podem ser de
muitas vendas na sua loja. É que é tempo de Festa
Junina, e o clima que toma conta de várias cidades
brasileiras tem o poder de ajudar a potencializar os
resultados do varejo.
No entanto, não basta simplesmente abrir suas
portas para ver os clientes entrando e comprando
nesse período. É preciso entender o que pode
colaborar ou prejudicar seus esforços e então
pensar estrategicamente em como aproveitar a data
comemorativa para vender mais.
Sabendo disso, e pensando em ajudá-lo a garantir
que os próximos meses colaborem para melhorar
seus resultados em vendas neste ano, conversamos
com dois especialistas com o objetivo de entender
quais são os grandes erros que de cara prejudicam
quem gostaria de fazer da Festa Junina uma grande
oportunidade para vender mais. Conhecendo-
os, você já descobre o que não fazer - e começa a
identificar o caminho que precisa seguir para poder
comemorar bons resultados logo mais!
Não treinar a equipe
1