Página 32 - Gazin Atacado - Setembro

Versão HTML básica

Entenda a
importância de
manter o fluxo de
caixa organizado e
confira boas dicas
para garantir a
organização
do seu!
Entendendo o conceito
Como manter um
fluxo de caixa
eficiente
Você já parou para
pensar na importância que
a gestão correta do fluxo de
caixa tem para o sucesso do
seu negócio? Pois se ainda
não, deveria! É nesse pro-
cesso que você percebe o
dinheiro que entra e sai de
sua loja e, se essa operação
for feita de maneira errada,
suas contas podem acabar no
vermelho.
Sabendo disso, con-
versamos com o consultor
financeiro Michael Henrique
de Pieri para entender o que
é o fluxo de caixa e revelar
para você como o gerenci-
amento da movimentação
das finanças pode contribuir
para o crescimento de sua
loja.
Esta é a definição de Michael
para o conceito de fluxo de caixa:
“É um esquema que representa as
entradas e saídas de caixa ao longo
do tempo. Por meio dele, é possível
planejar, visualizar e acompanhar
informações de contas a receber,
contas a pagar e o saldo (positivo ou
negativo) que ficará após a realiza-
ção destas operações”.
O consultor destaca ainda que esse
acompanhamento do capital é im-
portante porque, com ele, é possível
prever o futuro financeiro da em-
presa, o que dá ao empresário mais
segurança para aproveitar oportuni-
dades ou evitar operações além da
sua capacidade de pagamento. “Um
negócio de sucesso depende de pla-
nejamento e controle, e é isso que
um fluxo de caixa bem conduzido
possibilita”, frisa.
Segundo o especialista, o
fluxo de caixa pode ser desenvol-
vido por áreas como a de Gestão
Orçamentária de Departamentos
e Projetos, mas que, em micro e
pequenas empresas, o maior inte-
ressado deve ser o proprietário. “Ele
pode até delegar para um funcio-
A importância de se
manter o Fluxo de Caixa em
dia pode ser explicada com a
seguinte comparação:
“Quando dirigimos um car-
ro, não basta somente prestar
atenção na estrada e aos outros
carros que estão realizando
o mesmo trajeto que o nos-
so. Precisamos acompanhar
também o painel que nos dá
informações sobre o aqueci-
mento do motor, nível de óleo,
combustível e desempenho.
Sem realizar esse acompanha-
mento, corremos o risco de
começar uma viagem e não
conseguirmos chegar ao nosso
destino”, descreve.
Quando o foco de análise é o
fluxo de caixa, não a viagem
de carro, a falta de gestão pode
transformar operações previs-
tas em imprevistas, ocasionan-
do transtornos no trajeto da
empresa, que podem acarretar
prejuízos financeiros – muitas
vezes, irreparáveis.
Com base nessa análise, Mi-
chael apresenta algumas dicas
para você que quer manter um
fluxo de caixa eficiente:
1. Antes de começar a fazer
seu fluxo de caixa, realize
um levantamento de todas as
contas a pagar e a receber – as
recorrentes e as variáveis.
2. Em seguida, classifique-as
por tipo de despesa e receitas,
como por exemplo:
nário os registros das operações.
Porém, a análise, o planejamento,
o controle e a decisão final, sempre
serão tarefas do dono do negócio”,
aconselha.