Página 55 - TecnoGazin 2016

Versão HTML básica

Qual é a importância de treinamentos (tanto de produto quanto de técnicas de vendas) para o sucesso na venda de produtos
tecnológicos?
É muito comum que o cliente entre na loja já sabendo muitas informações sobre um produto de tecnologia. O vendedor que não
tem o mínimo de conhecimento não terá a mínima confiança do cliente. E o vendedor que não conhece técnicas de vendas perde
vendas para a concorrência. Simples assim.
Quais são suas sugestões para os gestores comerciais que querem treinar suas equipes para vender tecnologia e não sabem
por onde começar?
Muitos gestores chegaram a esta posição porque tiveram um excelente desempenho como vendedores. Assim, é natural que
vários deles queiram conduzir uma reunião de treinamento sozinhos. Mas hoje em dia, a variedade de produtos é tão grande
que se torna praticamente impossível saber tudo de produtos tecnológicos. Para treinar de maneira eficaz, os gestores precisam
delegar o treinamento de produto para os integrantes da equipe. A cada semana, um vendedor deve ser o responsável para
ensinar para a equipe tudo que o novo modelo de tablet (por exemplo) pode fazer. Esse tipo de troca de informações cria uma
dinâmica muito produtiva. Mas é necessário ter uma cobrança firme para que o “treinador da semana” estude sobre o produto
que vai falar.
Como a criatividade pode ser aliada dos vendedores que têm produtos tecnológicos em seu mix?
Eu conheço um vendedor que se chama Vinicius. Ele adora k-pop. É um estilomusical que se parece como Pop. Só que é da Coreia.
E os clipes de k-pop são sempre muito coloridos. O visual das cantoras e dos grupos coreanos são sempre muito chamativos. O
Vinicius leva muitos clipes das músicas que gosta para a loja. E o dia todo, em alguns televisores da loja, são exibidos clipes de
k-pop. Quem conhece o estilo musical sempre fica curioso para saber qual vendedor gosta das músicas. E até quem não conhece
k-pop muitas vezes fica hipnotizado pelo colorido dos clipes. Nesta loja, advinha quem é o campeão de vendas de TVs? É claro
que é o Vinicius! Ele tem assunto para puxar conversa com cada pessoa que para em frente a uma televisão.
A dica é: utilize vídeos de um hobby ou estilo musical que você gosta para potencializar suas vendas de produtos tecnológicos.
Não importa se você gosta de rap, metal, ópera ou k-pop, se tem um gosto musical diferente, use isso para chamar atenção de
seus clientes e vender mais. Essa dica também vale, aliás, para vídeos de skate, surfe, outros esportes, pescaria, etc. Se você
gosta muito dos vídeos que vão passar nos televisores, terá mais chances de iniciar a conversa com outras pessoas que têm os
mesmos gostos que você.
Quais são suas dicas para os vendedores que querem ser mais criativos no seu dia a dia em vendas?
Quem usa a criatividade está muito à frente de quem só faz o básico. Quem utiliza abordagens diferentes conquista facilmente
o cliente. É necessário desenvolver o espírito criativo. Sendo curioso, pesquisando sobre o produto, assistindo filmes diferentes
no cinema (ou em casa), lendo revistas e blogs sobre tecnologia; mas também revistas e blogs sobre assuntos que não sejam tão
tecnológicos assim. Criatividade se desenvolve com repertório. E quanto mais repertório (livros, filmes, experiências) tivermos,
mais chances temos de ser criativos. Só não é criativo quem insiste em fazer as coisas sempre do mesmo jeito.
O que você recomenda em termos de pós-venda para os profissionais que vendem produtos tecnológicos?
Pós-venda é importante não só para produtos de tecnologia. O pós-venda é o início de uma nova venda. E se o pós-venda for
aliado à criatividade, aí é certeza de fidelização de clientes. Se uma cliente diz que está comprando um celular para dar de
presente para filha, por exemplo, é papel do vendedor, uma semana depois, mandar uma mensagem perguntando se a menina
gostou do aparelho.
Se uma vendedora vendeu um equipamento de som para uma moça que iria dar uma festa, é papel dessa vendedora mandar
uma mensagem no dia seguinte da festa perguntando se deu tudo certo. Nenhum cliente espera esse tipo de ação de pós-venda,
mas os vendedores que querem ter clientes para sempre estão sempre atentos aos pequenos detalhes!
Leandro Branquinho
www.radiovendas.com.br
www.leandrobranquinho.com.br